Como encarar grandes subidas de bike

Nas subidas longas, o melhor é respirar fuuuuuuundo… Aflar muito e lentamente, até abarrotar bem os pulmões, para em seguida abjugar o ar como se estivesse soprando a chama de uma barco a vela.

Inspirando pelo nariz, o ar entra mais lentamente, é filtrado, abafado e você não encontra-se com a boca seca. Você pode abjugar o ar também pelo nariz, porém isto pode permitir sensação de falta de ar, por causa de à atraso para voltar a aflar. Ao acabar, esvazie bem os pulmões, colocando para fora todo o ar que você havia bafejado, para eliminar completamente o ar abastardado e quantidade abarrotar os pulmões com ar frequentativo.

Se você aflar e acabar depressa, sem abarrotar absolutamente os pulmões, seu coração vai abalroar mais rápido. Imagino que seja visto que o sangue encontra-se pouco oxigenado e o coração possui que bombear mais rápido para garantir o suplemento de oxigênio para as células. Ou pode ser que por qualquer reação psicológica, não sou profissional no assunto, porém posso dizer que funciona: respirando fundo, a gente se cansa pouco.

Evidente que chega uma momento que você não aguenta mais respirar lentamente e necessita respirar mais rápido. Tudo bem, só não necessita respirar como se o ar do mundo estivesse acabando. Respire com ardor.

De acordo com você vai treinando (tanto a exercício física como a respiração), sua personalidade respiratória vai aumentando e você ficará pouco anelante nas subidas.

Atualizado – A leitora Fabiana Paciulo, farmacêutica, tirou um comentário fundamental: “O crescimento da frequência respiratória é por causa de a uma maior formação de CO2 que precisa ser expelido, logo é um processamento natural no momento em que acontece o esforço físico (você sente a necessidade de respirar mais rápido) e experimentar adulterar isto pode provocar à acidose, que pode acarretar tonturas, visão borrada, cansaço muscular e até vômitos, além daquela dorzinha clássica abaixo das costelas, dentre mais efeitos. Um ponto em que as indivíduos erram bastante é resistir a respiração ao longo o esforço físico e aí o mal estar é inevitável. Deve-se respirar agudamente porém sem resistir o ar, somente abraçando a desejo natural de respirar mais depressa, caso contr